UTILIZE O CUPOM
PRIMEIRACOMPRA
GANHE 5% DE DESCONTO E 5% DE CRÉDITO EM TODAS AS COMPRAS.
CUPOM
PRIMEIRACOMPRA
5% OFF + 5% DE CRÉDITO.

Escolha seus produtos para saúde
Bebês sem sono, Bebês que dormem mal


Bebês sem sono podem enfrentar problemas emocionais na infância


Por Robert Preidt

Bebês com problemas crônicos de sono podem ter um risco aumentado de ansiedade e distúrbios emocionais na infância, de acordo com um novo estudo da Austrália.

"O sono persistente e perturbado durante a infância pode ser um indicador precoce da suscetibilidade aumentada de uma criança a dificuldades posteriores de saúde mental - em particular, problemas de ansiedade", disse o pesquisador Fallon Cook e colaboradores. Cook está no Instituto de Pesquisa Infantil Murdoch, em Melbourne.

Problemas de sono, como acordar frequentemente à noite e / ou problemas para adormecer sem a ajuda dos pais, afetam cerca de 19% das crianças menores de 1 ano.

Pesquisas anteriores vincularam problemas de sono infantil a problemas de saúde mental na primeira infância. Mas é menos certo se esse risco continuou na infância.
Neste estudo, os pesquisadores analisaram 1.460 pares mãe-bebê na Austrália. As mães forneceram informações sobre os padrões de sono de seus filhos aos 3, 6, 9 e 12 meses e sobre a saúde mental de seus filhos aos 4 e 10 anos.

Cerca de 1 em cada 4 crianças tinham padrões estáveis ​​de sono, 56% apresentavam alguns problemas de sono e aproximadamente 20% apresentavam problemas graves de sono crônicos.
Comparados a bebês com padrões de sono estáveis, aqueles com problemas graves e persistentes de sono tinham quase três vezes mais chances de apresentar sintomas de problemas emocionais aos quatro anos de idade. Eles tinham duas vezes mais chances de ter um distúrbio emocional aos 10 anos.

Os distúrbios emocionais incluíram: ansiedade de separação; fobia social; agorafobia; transtorno obsessivo-compulsivo; certas fobias; transtorno do pânico; transtorno de estresse pós-traumático; ansiedade generalizada; depressão e transtorno bipolar.
Bebês com problemas sérios no sono também tiveram duas vezes mais chances de ter ansiedade de separação, medo de se machucar fisicamente e de ficarem mais ansiosos aos 10 anos, de acordo com o estudo. Mas apenas revelou associações e não um elo de causa e efeito.

Os resultados foram publicados on-line recentemente na revista Archives of Disease in Childhood.
"Os bebês com problemas graves de sono persistentes devem ser monitorados quanto a dificuldades emergentes de saúde mental durante a infância", disseram os autores em um comunicado de imprensa da revista.

Encontre seus produtos para saúde e receba em todo Brasil.
Lembrou de alguém? Compartilhe!
  • Algodão Quadrado Maxi Bebê - 50 un - Bellacotton

    Por: R$ 19,90

    Comprar
  • Baby Easy - CPAP Nasal Infantil nº 0 - 1 un

    Por: R$ 110,88

    Comprar
  • Baby Easy - CPAP Nasal Infantil nº 1 - 1 un

    Por: R$ 110,88

    Comprar
  • Removedor de Curativo Removex 1000ml - Rioquímica

    Por: R$ 44,74

    Comprar
  • ÓLEO DE AMÊNDOAS DOCES RIOCARE 100ML 12 UND - RIOQUÍMICA

    Por: R$ 108,48

    Comprar